Refinanciamento de Imóvel em SP

Refinanciamento de Imóvel em SP é um tipo de empréstimo que utiliza a propriedade do contratante – seja ela residencial ou comercial – como garantia.

Pelo fato da garantia possuir um valor alto, as taxas de juros são muito baixas e as parcelas podem ser pagas em prazos maiores que o comum. Você pode pagar o empréstimo em até 20 anos (240 meses).

Os juros do Refinanciamento de Imóvel em SP são um dos mais baixos do mercado e podem ser a partir de 0,99% ao mês, somando o IPCA.

Para se ter uma idéia, no país, atualmente, um empréstimo comum para uma pessoa física está em 6,8% ao mês, apresentando um total de 120,1% ao ano.

O Refinanciamento de Imóvel em SP não possui valor máximo porém, sempre considerando no máximo 60% do valor completo do imóvel.

Esse tipo de Refinanciamento de Imóvel em SP também é conhecido como refinanciamento imobiliário, home equity ou alienação fiduciária.

É possível oferecer como garantia do crédito, qualquer tipo de imóvel que esteja no nome da pessoa que solicitou o empréstimo, como: casa, apartamento, terrenos, lojas, escritórios, etc.

Como solicitar o Crédito com Garantia de Imóvel SP?

Qualquer pessoa que possui um imóvel em seu nome pode realizar a solicitação do Refinanciamento de Imóvel em SP.

Porém, por se tratar de um empréstimo, o processo exige algumas etapas e um tempo para que o dinheiro esteja na conta de quem solicitou o Refinanciamento de Imóvel em SP.

Refinanciamento de Imóvel em SP

Essas etapas são:

• Escolha a instituição financeira: assim como qualquer outra modalidade de empréstimo, cada banco possui suas taxas e condições para a liberação do Refinanciamento de Imóvel em SP.

Por conta disso, é importante que uma pesquisa seja feita para que você escolha o banco que mais se encaixa com sua condição de pagamento.

É importante lembrar que, apesar de o empréstimo possuir uma taxa pequena, se o cliente for inadimplente, o banco pode tomar seu imóvel.

Por conta disso, saber e contratar a instituição que mais se encaixe na sua renda, é um o passo mais importante da solicitação.

• Solicite o crédito: após a escolha do banco, simule e solicite o Refinanciamento de Imóvel em SP, junto de seu gerente.

• Análise financeira: o banco analisará a pontuação e a renda da pessoa que solicitou o crédito.

• Avaliação jurídica e do imóvel: nessa fase os documentos do solicitante passam por uma análise de verificação e o imóvel que servirá de garantia é avaliado pelo banco;

• Assinatura do contrato: se tudo estiver em ordem e o pedido for aprovado, chega o momento de assinar o contrato. Quando chega essa fase, o imóvel deve ser cadastrado no Cartório de Registro de Imóveis e a pessoa que solicitou o Refinanciamento de Imóvel em SP pode assinar o contrato para que o banco libere a quantia.

É importante lembra que, diferente de veículos, quando se realiza um Refinanciamento de Imóvel em SP a pessoa pode usufruir do seu bem de qualquer forma que julgar necessário, ou seja, mesmo quando alienado, a propriedade pode ser vendida, alugada ou usada para moradia.

Porém, mesmo quando vendido, o imóvel permanecerá como posse direta da pessoa que solicitou o empréstimo até o final do pagamento da dívida.

Entre em contato conosco.

Tags desta página: Empresa de Refinanciamento de Imóvel, Empresa de Refinanciamento de Imóvel em SP, Empresa de Refinanciamento Imóvel, Refinanciamento de Imóvel, Refinanciamento de Imóvel em Guarulhos, Refinanciamento de Imóvel em SP, Refinanciamento de Imóvel na Zona Leste, Refinanciamento de Imóvel na Zona Norte, Refinanciamento de Imóvel na Zona Sul, Refinanciamento de Imóvel no ABC,
O texto acima Refinanciamento de Imóvel em SP é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Solicite seu orçamento por WhatsApp
Enviar via WhatsApp
Selo W3C desenvolvido por WebLoper

error: Content is protected !!